Feeds:
Posts
Comentários
Construção em 1996/97

Construção em 1996/97

 

As janelas super antigas do início da construção do estúdio ( garagem) ficaram insuficiente para a vedação  acústica, além disso precisava  encontrar uma maneira de arejar melhor. Já que não existem janelas com vedação no mercado , era, mais uma vez, construí-las  por mim mesmo.

Reforma em 2013

Reforma em 2013

Tirando a janela antiga da técnica

Tirando a janela antiga da técnica

DIGITAL CAMERA

Soldando em total 113 peças de tubo retangular

Janelas - colocação dos vidros com silicone

Colando os vidros re-aproveitados com Silicone

Colocação da borracha da vedação 2 – Gummidichtung

 - Gummidichtung

Colocação da borracha da vedação

DSCN5844 DSCN5847

Cortando e re-aproveitando os vidros anitgos100% ( 10mm)

Cortando e re-aproveitando os vidros anitgos100% ( 10mm)

DIGITAL CAMERA

 

Novas Janelas , ainda sem  quadro de madeira

Novas Janelas , ainda sem quadro de madeira

 

 

RR

Boa vedação, luz e o ambiente fica bem arejado. Hoje RR-Studio de Ronaldo e Rodrigo

 

 

DIGITAL CAMERA

DIGITAL CAMERA




DIGITAL CAMERA

 

Com a produção musical de Júnior Xanfer ( guitarra/violão) realizamos  várias gravações de Cd-demos de MPB  ao vivo, quero dizer tudo mundo juntos valendo em canais separados, para manter o” clima ” . Dá bons resultados e ganha bastante tempo e estúdio. Claro que erros podem ser corrigidos posteriormente, além da colocação final da voz e instrumentos adicionais como sopros ou percussão. Cantoras como Patricia Luna e Rosimar Lemos conseguirem através da grande musicalidade de Júnior e todos os  outros músicos convidados, mostrar um nova roupagem  moderna de músicas conhecidas da MPB.

Patricia Luna 3

Patricia Luna marcelo Patricia Luna  Junior Patricia Luna Dell Partica luna 2 Vitor Patricia Luna 1 Rosimar Lemos  2 Rosimar Lemos  1 Patricia Luna Fabinho

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CIMG0018

 

Amigos,

infelizmente, o tempo passou tão corrido, que eu tinha que deixar muita coisa pra trás, inclusive a atualização do blog do estúdio.

Vou então tentar resumir os eventos que marcaram esse tempo grande:

DIGITAL CAMERA

1: Gravação do Cd Jazz de Paulo Russo (bass- RJ) ” The music of Paulo Russo”

Um  ícone na cena de Jazz Brasileiro. No início dos anos 70, Russo passou a integrar o grupo do legendário saxofonista Vitor Assis Brasil, com quem gravou três álbuns, hoje tidos como clássicos do jazz nacional. Integrou o famoso quarteto de Victor, no primeiro Montreux Jazz Festival, em 1978. Atuando, desde então, em concertos e festivais no mundo afora, dividiu o palco e gravou centenas de vezes com os principais nomes da música
instrumental e vocal. Entre eles: os violonistas e guitarristas Pat Metheny, Hélio Delmiro e Toquinho. Atualmente o Contrabaixista comanda o Paulo Russo Trio, formado por Kiko Freitas e Rafael Vernet, no piano.

Participarem no CD:

Andrew Scott Potter (  Chicago – Florianópolis / Drums )

IMG_7796

, Rafael Vernet ( Rio de Janeiro – Ed Motta,  Toninho Horta , Paula Santoro  etc  /  Piano  )

CIMG0046

e “nosso” Fabinho Costa (Spok Frevo , Jorge Vercilo  etc /  trumpet).

IMG_7786

The music of Paulo Russo - back

O Cd gravado ao vivo  em dois dias e 4 ambientes. Muito Obrigado a Johnson Silva que gentilmente emprestou o Nord Stage para o Rafael.

DIGITAL CAMERAThe music of Paulo Russo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

IMG_7783

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Lysias George Jacinta Veronica

Texto tirado do Jornal de Commercio,p publicado em 26/03/2013, às 06h00

http://jconline.ne10.uol.com.br/canal/cultura/musica/noticia/2013/03/26/lysias-enio-traz-novo-show-para-o-recife-77652.php

Lysias Enio traz novo show para o Recife

Cantoras Verônica Padrão e Jacinta Pinheiro e pianista George Aragão interpretam canções do compositor, que agora mora em Candeias

O compositor carioca Lysias Enio, 76 anos, recebe a equipe do JC na porta do Estúdio Via Brasil, em Candeias (Jaboatão dos Guararapes, a poucos metros de Barra de Jangada). Logo na porta nos pede um cigarro – fato curioso tendo em vista que, de 1969 a 1972, ele trabalhou como economista da filial de uma indústria de cigarros no Recife. Mas, para o autor, este tempo já se foi. Agora ele se considera ex-economista – até rasgou sua carteira profissional e deu baixa no Crea. Aposentado, Lysias conta, ainda do lado de fora, no fumódromo, que trocou definitivamente o Rio de Janeiro por Pernambuco. E, para completar essa nova fase em sua vida, volta a apresentar na capital pernambucana mais um show repleto de suas composições.

Irmão mais novo do pianista, acordeonista, arranjador, cantor e também compositor João Donato – com quem divide inúmeras parcerias –, Lysias Enio assina o roteiro, a direção e a mise-en-scène do show Para os íntimos, muito prazer, que acontece esta terça-feira (26/3), às 21h, no restaurante Mingus, em Boa Viagem. Quem interpreta suas canções – parcerias com inúmeros autores da música popular brasileira – é Verônica Padrão, pernambucana radicada em Rio Branco, no Acre, cidade natal da família do compositor, que canta acompanhada pelo pianista George Aragão. Outra voz bastante conhecida da obra de Lysias, a também cantora Jacinta Pinheiro, faz uma participação especial.

O repertório do show desta terça-feira traz ao todo 14 parcerias de Lysias com compositores como João Donato, Mário Adnet e Tito Madi. Em De um jeito diferente, por exemplo, ele presta uma homenagem ao cantor Emílio Santiago, que morreu na última quarta-feira (20/3) e interage com os intérpretes por meio de uma gravação no telão.

(Fotos tirados do Show no Mingus):

Verônica Padrão George Aragão Veronica, Jacinta Lysias Lysias Enio 2

Links para mais informações e videos:

http://www.youtube.com/watch?v=RHMEoqWIz0o&list=PL2761F59BDDA7936C&index=1

http://www.lysiasenio.com.br/

http://jconlineinteratividade.ne10.uol.com.br/midias/2013,03,25,5059,jc—para-os-intimos–muito-prazer,play.html

Rolf Stahlhofen – Fundação Water is Right

(english version below)

A água é um direito humano, portanto, as Nações Unidas aprovaram no ano passado. Mas a realidade em algumas regiões do mundo é muito diferente. Cerca de 884 milhões de pessoas não têm acesso a água limpa, razão pela qual a resolução da ONU pede aos Estados membros e as empresas internacionais para estender os sistemas de infra-estrutura de água.

Este é o ponto de partida da fundação “Agua é Direito Humano”, iniciada pelo cantor alemão Rolf Stahlhofen. Stahlhofen, co-fundador da “Söhne Mannheims”, há muitos anos esta defendendo a água limpa e suficiente a ser disponibilizada a todos – a preços acessíveis não é ditada por grandes corporações. Por seus esforços em curso, foi nomeado um Mensageiro “de verdade” pela Organização das Nações Unidas para Assentamentos do Programa (UN-HABITAT) em 2009. No ano passado, por causa de seu envolvimento em questões de água, então ele concordou em se tornar o “Mensageiro da Água ‘.

A faixa “Happahoppohaji” fala de um sonho: Todas as crianças cantam uma música falando do planeta, anunciando o fim das guerras e das diferenças religiosas, e felicidade e paz finalmente reinam nesta terra. Rolf Stahlhofen, da água é a base do direito, se indentificou realmente com este tema e deu o seu OK para a sua participação (em 2012).

O cenário inicial é uma batucada cantata por crianças em uma linguagem imaginativa, que muda então em um ritmo salsa. Obrigado pelo grande solo de Fabinho Costa e Júnior Xanfer.

Happo Hoppo Haji Viedeo Clip Youtube

Happo Hoppo Haji Video Clip Youtube

 

Videoclip  youtube Happa Hopp Haji  : http://youtu.be/wUUIczgxWOM

video prod. by Christian Schega

 

 

 

 

feat: Rolf Stahlhofen (voz em inglês), Marcelo Pereira (bateria), Joerg Schoellhorn (piano), Fabinho Costa (trompete), Júnior Xanfer (guitarra solo), Mongol Vieira (baixo), Sandi Maia (Loucutor em português ), Lula Menezes (frase em espanhol) e sua filha Laura e amigos (crianças coral), Stephan Hitzelberger (programação na percussão) e Joerg Scharfenberger (Nityamo)– (violão).

Gravado no Estúdio Via Brasil Recife -2006 e 2011

Rolf Stahlhofen, voz  gravado no Atlas Tonstudio, Oberotterbach, Alemanha por Juergen Losigkeit

http://waterisright.org/enA água é um direito humano – Água é vida

A fundção “Água é direito humano” foi fundada pelo alemão pop / soul singer Rolf Stahlhofen: o ex-co-líder da banda  ” Söhne Mannheims “. Agora levando sua própria banda, Rolf levantou milhões de dólares para projetos relacionados com a água humanitárias ao redor do mundo. Pois o que ele chamou seus esforços Mensageiro UN-HABITAT da Verdade para a Água, sobre a qual ele criou a Fundação para promover seu trabalho sobre as questões da água:

Finalidade da Fundação

Para fornecer plantas aquáticas inovadoras de tratamento para as comunidades sem água potável acessível;
para criar empregos que as comunidades auto-suficientes de água e saneamento decente uma realidade para todos;
para promover a água e ao saneamento como um direito humano através de eventos culturais com artistas de renome;
para dar às comunidades as ferramentas para a demanda de água potável e saneamento de água por parte das autoridades locais (doação de sistemas móveis de tratamento de agua poluida.

sobe o CD completo, veja também: https://estudioviabrasil.wordpress.com/2012/03/09/nityamos-brazilian-kaleidoscope-mais-uma-producao-de-mpb-super-interessante/

english:

Water is a human right, so the United Nations resolved last year. But the reality in some regions of the world is much different. Around 884 million people lack access to clean water, which is why the UN resolution calls on member states and international firms to extend water infrastructure systems.

This is the point of departure of the Water Is Right Foudation, started by German singer Rolf Stahlhofen. Stahlhofen, co-founder of the ‘Söhne Mannheims’ has for many years advocated that clean and sufficient water be made available to all – at affordable prices not dictated by large corporations. For his ongoing efforts, he was named a ‘Messenger of Truth’ by the United Nations Human Settlements Programme (UN-HABITAT) in 2009. Last year, because of his involvement in water issues, he also agreed to become the ‘Water Messenger’.

The track “Happahoppohaji,” which tells of a dream: All children sing a song of this planet, heralding the end of wars and religious differences, peace, happiness finally reigns on this earth. Rolf Stahlhofen of the water is right foundation has really identified with this topic and gave the  OK for his participation.

The scenario is a batucada singing by  children in an imaginative language which then changes into a salsa rhythm. Thanks for the great solo and with Fabinho Costa Júnior Xanfer.

feat: Rolf Stahlhofen (Voice in english),  Marcelo Pereira( dr.) , Joerg Schoellhorn (piano and keys), Fabinho Costa (Trp) ,  Júnior Xanfer  (guitar solo) , Mongol Vieira (Bass), Sandi Maia (Narrator in portuguese), Lula Menezes (Phrase in spanish) and his daughter Laura  and  friends ( childrens choir),  Stephan Hitzelberger (programming an perc) and Joerg Scharfenberger ( Nityamo) himself on Nylonguitar . Recorded at Estudio Via Brasil in Recife -2006 and 2011 – Brazil, Rolf Stahlhofen, voice recorded in Atlas Tonstudio, Oberotterbach, Germany by Juergen Losigkeit

http://waterisright.org/en  – Water is a human right – Water is life
The Water is Right Foundation was founded by German pop/soul Singer Rolf Stahlhofen: former co-lead of double platinum pop/soul band Söhne Mannheims. Now leading his own band, Rolf has raised millions of dollars for water related humanitarian projects around the world. For his efforts he was named UN-HABITAT Messenger of Truth for Water, upon which he established the Foundation to further his work on water issues:

Purpose of the Foundation

to provide innovative water treatment plants for communities without accessible clean water;
to create jobs while making communities water self-sufficient and decent sanitation a reality for all;
to promote water and sanitation as a human right through cultural events with renowned artists;
to give communities the tools to demand clean water and sanitation from local water authorities.

also look at:  https://estudioviabrasil.wordpress.com/2012/03/09/nityamos-brazilian-kaleidoscope-mais-uma-producao-de-mpb-super-interessante/


O compositor Mário Falcão mostra seu novo CD, AMADOR, sábado, dia 17/03, às 18 horas, em pocket show na Livraria Cultura de Recife (Paço Alfandega – Rua Madre de Deus, s/n). Esta será a primeira apresentação do artista na capital pernambucana e contará com a participação especial do cantor e violonista Sandi Maia. O ingresso é 1kg de alimento não perecível.

O CD AMADOR está concorrendo ao Prêmio Açorianos de Música – o maior do gênero no Rio Grande do Sul – com três indicações: categorias Disco, Compositor e Intérprete de MPB. Equilibrando simplicidade e sofisticação, o álbum traz letras e músicas de Mário Falcão, envolvidas em uma atmosfera que soa entre a MPB e o Jazz. “A canção se veste com essa mistura fina e sai para encontrar e provocar sentidos e sentimentos…”, conforme é explicado em amador.mus.br, endereço do disco na rede.

O site, aliás, foi a mola propulsora do CD. As gravações do disco foram realizadas com o patrocínio do Programa Petrobras Cultural – modalidade registro e disponibilização de músicas na Internet. As faixas, letras e cifras, podem ser acessadas pelo internauta, assim como os clipes das músicas Amador e Greve Geral.

OBS.: A ficha técnica do CD, fotos e vídeos podem ser obtidos em www.amador.mus.br

O Projeto Amador disponibiliza as músicas gratuitamente. Aqui você pode ouvi-las, baixar para seu computador, acompanhar as músicas pela letra e aprender a tocar com as cifras.

SOBRE O ARTISTA:

– Compositor, cantor e violonista de Porto Alegre – RS – Brasil.
– Além de divulgar o novo CD, está produzindo outro, em parceria com o uruguaio Sebastián Jantos.
– Em 2011, lança o álbum AMADOR – e o disponibiliza na Internet sob o patrocínio do Programa Petrobras Cultural. Neste mesmo ano, o trabalho é editado em CD (com distribuição da Tratore).
– Em 2010 e 2009, participa de shows em Montevidéu, com os  uruguaios Sebastián Jantos, Nicolás Klisich, Javier Cardellino e Dany Lopez entre outros nomes da nova cena musical do Uruguai.
– Em 2005, recebe o Prêmio Açorianos de Música – Melhor Compositor e Melhor Disco de MPB por seu primeiro CD – Mário Falcão – lançado em 2004 através do Fumproarte.
– Conta ainda um histórico de participações em shows e em gravações, seja apresentando trabalhos próprios ou colaborando com outros artistas, como o caso da Orquestra de Mantra Rudráksha, grupo que integrou e com o qual realizou apresentações no Brasil e em Portugal.

Contatos: fone 51-81375561 ou toarmusica@gmail.com

Um caleidoscópio ou calidoscópio é um aparelho óptico formado por um pequeno tubo de cartão ou de metal, com pequenos fragmentos de vidro colorido, que, através do reflexo da luz exterior em pequenos espelhos inclinados, apresentam, a cada movimento, combinações variadas e agradáveis de efeito visual.O nome “caleidoscópio” deriva das palavras gregas καλός (kalos), “belo, bonito”, είδος (eidos), “imagem, figura”, e σκοπέω (scopeο), “olhar (para), observar”.

Essa explicação do Wídipédia resume mais ou menos o que o  autor do CD  Joerg Scharfenberger (Nityamo) queria descrever variedade musical que contém seu CD novo, muito influenciado pela MPB.

Se trata, mais uma vez,  de um amigo dos velhos tempos na  Alemanha. A gente teve uma Banda “Via Bahia”, tudos músico muito apaixionados pela música brasileira.  Entre eles Hans Limburg (veja tag  neste  blog) e flautista  Guenther Schmitz, que participou  também neste  CD. A capa aqui do lado, é de um Graffiti de um centro jovem aqui em Candeias e representa, pela visão de Joerg, o caleidoscópio,  a variedade das músicas e o espírito de criança. A faixa “Happahoppohahi”, que fala de um sonho: Todas crianças desse planeta cantam  uma canção, anunciando o fim das guerras e divergências religiosas, a paz,  a  felicidade finalmente domina nesta terra.

Bom, quem gosta de música instrumental de bom gosto, de bossa-nova, salsa, jazz, samba, blues, música  gitana …vale a pena  ouvir essa obra , que é um resgate de 30 anos de inspiração e viagens para Índia, Estados Unidos, Brazil e  Europa.

A participações de vários músicos maravilhosos de Recife e Landau ( Alemanha), que entenderam a linguagem da ideias e “viagens musicais ” do violonista e baixista Joerg, ajudaram ainda mais a transformação desse resgate num CD que faz gosto de repetir e curtir, descobrindo cada vez mais detalhes nos improvisos dos solistas como Fabinho Costa  (flugel e trompete), Liudinho Sax  Júnior Xanfer Violões, Guitarra) , Jehovah da Gaita, Joerg Schoellhorn (Keyboards), Maurício César (piano) e Guenther Johannes Schmitz. (flautas)(clicando nos nomes abre link). Sobre a partipação especial de Rolf  Stahlhofen na faixa “Happahoppohaji” veja  tb o post: http://estudioviabrasil.wordpress.com/2012/04/07/rolf-stahlhofen-german-musician-and-messenger-of-the-water-is-right-foundation-www-waterisright-org-recorded-song-von-brazilian-kaleidoskope/

Os demais músicos:

Bateria: Marcelo Pereira

Violões base, teclados, voz e  baixo : Joerg Scharfenberger

Programação, teclados, percussão, pré-produção e mix: Stephan Hitzelberger

Participações especiais: Voz e locução: Sandi Maia, coral : Shakti

cuíca: Lula Menezes e seus filhos no coral das crianças

baixo  na salsa: Mongol

programação de bateria e metais : Girlando Silva

Fabinho Costa

No site de Joerg, você pode ver mais informações e fotos, além de ouvir algumas músicas do CD. www.nazuna.eu

Listen here,  (Soundcloud):

No Girls in Ipanema    (Bossa Nova Jazz)

Seven Miles                     (Jazz Blues )

Heart in Peace                ( Calm music – Meditation )

New Way                                    (Jazz -BossaNova)

Hapa-hoppo-haji

Quebra cabeça